Horta em casa 1

Já pensou ter em casa sua própria horta, livre de agrotóxicos? Você pode ter um espaço grande no quintal ou jardim, ou apenas um espaço bem pequeno no seu apartamento, mas garanto que dá certo! E a alegria de colher de seu vasinho, ou horta, aquilo que você plantou, aliado ao fato de ser orgânico, dá um sabor todo especial ao que você cuidou com tanto amor e colheu.

Hoje quero compartilhar um texto que achei que ensina a cuidar melhor de tomates, pimentas e manjericão.

Problema 1:

O que aconteceu: Pontos pretos na parte inferior do tomate.

O que causou: Podridão apical (do ápice) (não é doença), causada por falta de cálcio, que a planta absorve via água. Uma causa típica dessa insuficiência de cálcio é a inconsistência da umidade do solo, ora seco demais, ora encharcado.

O que fazer: Quando está frutificando, os tomates precisam de cerca de 2,5cm a 3,5cm de água por semana. Se a terra estiver muito seca (faça o teste do dedo: coloque o dedo no substrato, se ele estiver seco até 2cm abaixo da superfície, é porque precisa regar). Lembre-se de adubá-lo adequadamente.

Problema 2:

O que aconteceu: Folhas comidas por todo lugar.

O que causou: Pequenas máquinas comedoras conhecidas por lesmas e caracóis. Sua trilha gosmenta são a pista que eles deixam se sua comilança noturna – e quase tudo no seu jardim lhes servirá de alimento.

O que fazer: Saia à noite com uma lanterna e pegue estes pequenos gosmentos (use luvas!) e tire-os de seu jardim. Ou espalhe cascas de ovos trituradas na base das plantas. Lembre-se que a cultura orgânica também atrairá os predadores naturais de lesmas e caracóis, portanto, não use veneno!

Problema 3:

O que aconteceu: Seu manjericão definhou antes de você ter a chance de fazer aquele molho pesto…

O que causou: A planta floresceu e deu sementes.

O que fazer: Pode o manjericão frequentemente, tanto para fortificar a planta como para prevenir que ela floresça. Quando a planta começa a produzir botões florais, sua produção de folhas começa a decair e o sabor das folhas também sofre. As folhas do manjericão crescem em pares na haste. Pode quando a haste tiver seus pares de folhas. Isso faz com que a planta se ramifique e fique mais forte. Repita quando ela crescer novamente. Lembre-se também que o manjericão é uma planta anual, ou seja, ela tem um tempo de vida curto.

Problema 4:

O que aconteceu: Suas pimentas estão murchas há semanas. Não crescem, não florescem, nada.

O que causou: Solo frio. As pimentas odeiam o frio. As plantas podem sofrer choque térmico se a temperatura do solo ou do ar ficar baixa demais.

O que fazer: Antes de plantá-las no jardim, deixe as mudinhas se fortalecerem: coloque-as do lado de fora durante o dia e dentro de casa durante a noite. Não plante do lado de fora até que a temperatura do solo seja de pelo menos 18ºC e a da noite seja de pelo menos 10ºC. Outra solução é plantá-las em containers, que se aquecem mais facilmente.

Problema 5:

O que aconteceu: O jardim – e seu prato – está pouco colorido.

O que causou: Poucas flores comestíveis.

O que fazer: Plante flores comestíveis fáceis de cultivar. Calêndula, amor-perfeito, capuchinha podem ser plantadas direto no jardim por meio de sementes durante a primavera. Flores de lavanda também são comestíveis e têm um ótimo sabor. Nunca coma flores que você não tenha certeza que são comestíveis – e que sejam cultivadas de modo orgânico. E lave-as antes de comer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s